Prefeito Arnon Bezerra se reúne com permissionários do Mercado Central e Beco da Cebola

O Prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra, esteve reunido na manhã desta quinta-feira (13), com permissionários do Mercado Central e do Beco da Cebola. O intuito foi debater questões relacionadas ao estabelecimento de tarifas dos boxes, além de melhorias no local, possibilitando a comercialização de produtos de forma mais ampla, com maior visibilidade para o equipamento, numa das áreas mais privilegiadas do Centro da cidade. A reunião aconteceu no Gabinete do Prefeito, na Prefeitura Municipal.

Participaram da reunião, o Secretário de Meio Ambiente e Serviços Públicos, Luiz Ivan Bezerra, o Secretário de Finanças, Evaldo Soares, e o Procurador do Município, Micael François, além do Subprocurador, Adailton Oliveira, e representantes das associações de permissionários do mercado e beco da Cebola.

Os comerciantes destacaram a necessidade de rediscutir a questão dos pagamentos relacionados aos espaços. O Prefeito Arnon Bezerra, solicitou a Procuradoria avaliar todos os aspectos legais necessários, para que haja uma forma justa, tanto para o Município como para os permissionários, de pagamentos dos boxes. Com isso, possibilitando também uma forma mais independente de correção desses valores, no caso por meio da Unidade Fiscal de Referência (Ufir).

O Prefeito solicitou ainda que as avaliações por parte dos setores responsáveis sejam realizadas o mais breve possível. Para isso, estarão reunidos os secretários das pastas envolvidas e a Procuradoria, para realizar os estudos necessários.

O Chefe do Executivo ainda destacou a necessidade de modernização do espaço, para torná-lo mais atrativo, a exemplo de mercados de Belo Horizonte e São Paulo. O prefeito Arnon Bezerra disse que continuará a buscar meios para que seja realizada a reforma do Mercado Central, no intuito de garantir melhores condições de comercialização, tornando-se uma referência no Estado. No caso do Mercado José Teófilo Machado, o Senhora Santana, o processo de licitação já se encontra em andamento, com investimentos acima de R$ 5 milhões.

Em relação ao Beco da Cebola, não houve e reajuste dos boxes nesse espaço, mas os permissionários deixaram de receber os carnês. Eles solicitaram a renegociação do pagamento referente ao ano passado, que chegou a ser suspenso pela administração, até que seja definida a forma de taxação.

Fotos: Lino Fly

Fotos